Eu Fiz o Tokkou 77º

.

Dona Marina, um vida plena!

by Walkyria Rennó Suleiman at/on 4.9.10
in

Faz um ano que fiz este filme da Dna Marina, lá na Vila. A seu lado, podia-se sentir que ela viveu e vivia uma vida plena, bem vivida. Mortes assim me deixam triste por um lado, mas muito feliz por outro.  

Descanse em paz Dna Marina, seus feitos e exemplos ficarão na terra eternamente. Assim como todos os frutos e flores que a senhora plantou.

Essa senhora, é a Dona Marina, mãe da querida Inês Minowa. Então estava eu dentro do quarto, trabalhando no PC do Alam Kenji Minowa - queridíssimo companheiro de jornada nessa Terra - , quando ela vem, bem quietinha, se encosta na janela e começa a conversar. Não resisti, parei tudo, me debrucei na janela e garrei a ouvir essa pessoa tão linda e cheia de bravura.

Dona Marina dava um livro. Adora plantas, faz misturas das mais diversas, pra curar tudo que é mal que possa se apossar das pessoas. Faz também deliciosos temperos, refogados, bolos, tortas, sabão, pinturas, ela não para quieta. Quando ela não está na cozinha, tá no jardim, ou então na cidade fazendo ginástica e cursos pra terceira idade. Chega com sua bolsinha tira-colo e em um segundo está no ateliê pintado. É muito linda mesmo!

Lá, na Vila Yamaguishi, por um momento, pensei na minha velhice e fiquei feliz. Acho que vou ser assim, como a Dona Marina, impossível, agitada e teimosa. Gostei do quadro. No final ela fala pra mim: "entendeu?". Uma graça mesmo.
Escutem quão sábias e simples são as palavras da Dona Marina.



6 kensando:

Mimi disse...

Muito bom ver essa senhora, me lembrou muito minha !mãe, que enquanto esteve por aqui me falou de flores e frutos, de cores e amor pela natureza que ela cultivava assim, no quintal, em latas, em vasos, fazendo mudinhas pra me dar ( e eu matar em uma semana no apartamento).Muito bom. Gente é muito bom.Quando tem estofo então...

Walkyria Suleiman disse...

Hum...tô na fase que gente me enche o saco, fora vc Mimizinha. Quanto ao estofo, prefiro o das minhas cadeiras...hahaha. Só rindo. E vc tá mentindo, suas plantinhas são lindas.

Jane disse...

Tri legal Wall!!! Obrigada.
saudades da D.Marina!!!!
Bj, jane

Walkyria Suleiman disse...

Jane, essa mulher é um arraso, em todos os sentidos!

Pedaços de Tempo disse...

Walkyria, essa querida senhora são as vivências, são as muitas histórias vividas, são as experiências sentidas, são momentos passados, ou seja, é a vida no seu verdadeiro sentido da palavra!

Gostei do texto e do vídeo!

Obrigado por subscrever o meu blog. Contudo, estranhei o facto de não ter deixado um único comentário nas fotos ou na reportagem "Devagar, devagarinho, parado..", que foi publicado em 2 dos maiores jornais de Portugal...

Um abraço deste lado do atlântico,
CR/de
www.carlosribeiro-photos.blogspot.com

Pedaços de Tempo disse...

Cara Walkyria Suleiman,

Antes de mais, não tem que pedir desculpa pela sua franqueza. Eu é que agradeço, pois, também sou uma pessoa franca e directa que ainda por cima detesta a hipocrisia.

Quando diz que o seu blog oficial é o “Céu Aberto”, bem, eu já lá estive e a única coisa que tem é uma imagem de um cidade nocturna e uma Lua (penso eu) que se clicarmos em cima dela nada acontece...
Por isso é que subscrevi o “Eu fiz Tokkou 77º”...

Quanto à questão que me coloca, eu também não disse que você é obrigado a comentar, ninguém é!! Apenas estranhei o facto porque, sendo os blog´s um excelente meio de fácil acesso aos trabalhos de uns e dos outros, de troca de opiniões, sugestões e críticas construtivas (ou seja, comentários...) mantém-nos assim em permanente contacto com os pensamentos dos outros.

Por outro lado e, o mais importante de todos, como fotografo que sou e citando o também fotografo Bavcar, quando este afirma que a opinião das pessoas que irão comentar as fotografias é um recurso primordial para ele. Pois, para mim também o é! Por vezes, somos surpreendidos com comentários que nunca tínhamos equacionado e que nos permite “sentir” os gostos e tendências das pessoas.

Ora, sendo o meu blog um espaço que contém unicamente fotografias e fotorreportagens publicadas em revistas e jornais, é crucial o feedback sincero dos meus seguidores ou, de quem por lá passa. Como subscreveu meu blog sem comentar nenhum post, fiquei sem saber o que é que a atraiu.

Por fim e para terminar, já viu o que é um blog com vários seguidores e sem comentários? Seria como um corpo vazio de alma! Não acha? Contudo, se não gosta ou não quer comentar, tudo bem.

Espero ter esclarecido a sua questão.

Um abraço deste lado do atlântico,
CR/de


 
fineprint
(c) Eu fiz o Tokkou 77º · Using Blogger · Theme by EvanEckard · Blogger Template by Blogger FAQs and Mobi123